A Irlanda do Norte acaba de legalizar o casamento homoafetivo em suas terras. Nada mais justo para o país de onde vem um dos maiores gênios – e gay, diga-se de passagem – da história: Oscar Wilde.

Ainda que a legalidade do casamento homoafetivo tenha vindo só agora, bem depois de outros países do Reino Unido onde isso já é uma realidade, já há tempos a capital da Irlanda, Belfast, é reconhecida como um excelente destino para cidadãos e turistas LGBTs.

Bares, clubes e saunas não faltam por lá! Vamos então a uma lista pra você tomar nota quando for fazer sua viagem à Irlanda do Norte.

Falando nisso, ao pensar em fazer turismo LGBT pelo Reino Unido, não deixe de se informar no site da campanha Love Is Great do VisitBritain. Por lá você encontra, além de um guia completo com as melhores atrações, todas as informações sobre pacotes, dicas de lugares onde se hospedar e o calendário com os principais eventos LGBTs do ano no Reino Unido. Clique aqui para conhecer.

Como outras capitais da Europa, em Belfast, a noite é selvagem e a diversão garantida! Uma boa pedida é começar pelo Kremlin, a boate gay mais fervida da cidade e que já funciona há dezesseis anos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Garotos se encontram no Kremlin

O layout e a decoração do clube refletem uma imagem da Rússia soviética, mas não se engane pois você encontrará uma recepção calorosa e uma atmosfera muito quente. Por lá, há três áreas distintas; O Tsar (um elegante lounge de coquetéis), o Long Bar (um bar de discoteca de dois andares) e a Praça Vermelha (a arena do clube de 2 andares), que abriga os melhores DJs residentes, apresentações ao vivo, muitas vezes de drag de RuPaul inclusive.

A diversão é garantida no Kremlin.

Todo o clube é transformado regularmente para noites épicas de eventos, incluindo sua cerimônia anual de premiação Goscars, uma espécie de celebração do Oscar Gay, além de Halloween e Natal.

O local também é sempre escolhido por festas gays disputadíssimas como a Poptastic e Gaydio, que viajam todo Reino Unido pelas boates mais fervidas da terra da rainha.

Você também pode ir ao Maverick Bar, uma boate sempre cheia, com música pop muito alta e um público mais jovem. É o lugar ideal pra quem curte sair pra dançar e bater cabelo.

Maverick Bar.

Agora, se sua pedida é sair de modo mais tranquilo, pra bater papo, bares como o Queens Café & Bar e o The Bear and The Doll podem ser ótimas opções! O Queens é fofo e parece até um tanto tradicional (ainda que gay, calma!), enquanto o The Bear, além de um visual lindo e aconchegante, oferece os melhores drinks, DJs e música ao vivo a noite toda.

O elegante The Bear and The Doll.

Quer esquentar ainda mais o clima? Tem a Outside Sauna. No coração do bairro gay, o local oferece a atmosfera perfeita para homens gays e bissexuais se encontrarem com toda privacidade e relaxarem. 

Dividida por zonas separadas para interagir ou simplesmente relaxar, há jardim, banho turco, jacuzzi, sala escura, sauna, sala de vídeo, café e armários.

A Irlanda do Norte também não deixa a desejar aos mais safados.

Na Outsite também glory-hole, equipamentos fetichistas e cabines particulares, tudo a partir de uma entrada discreta na rua Donegal. Até pela Irlanda do Norte ser um dos países onde direitos LGBTs mais tardaram a serem discutidos no Reino Unido, não surpreende a presença de muitos homens curiosos e enrustidos dentre o público que frequenta o local.

Pensando em fazer turismo LGBT pelo Reino Unido? Passe no site do Love Is Great e se informe melhor sobre pacotes, as melhores cidades e atrações turísticas de todo o Reino Unido!

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).