Um estudo de pesquisadores da Universidade de Arkansas, nos Estados Unidos, descobriu que mulheres em relações com outras mulheres tem mais orgasmos em média do que mulheres em relações com homens.

O estudo, que entrevistou 2.300 mulheres, constatou que mulheres lésbicas e bissexuais em relações homo tem não apenas chance maior de orgasmo, como mais orgasmos na mesma relação do que as mulheres em relações heterossexuais.

Em uma diferença impressionante, mulheres em relações homo relataram 55 orgasmos totais em um mês em média (contando as vezes em que tiveram mais de um orgasmo por relação) contra apenas 7 orgasmos em média relatados pelas mulheres heterossexuais.

Uma das entrevistadas acredita que o resultado se dê pela variedade maior no sexo lésbico, que acaba não sendo tão falocêntrico e óbvio, centrado em apenas uma região do corpo do homem.

Em relações heterossexuais também se observou que homens dizem chegar ao orgasmo 95% das vezes enquanto as mulheres dizem chegar ao orgasmo em apenas 65% das vezes em média nestas relações.

O estudo também descobriu que as mulheres que relataram ter orgasmo mais frequentemente costumavam receber mais sexo oral e ter um sexo de maior duração.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).