Nascida biologicamente do sexo masculino, a australiana Jolene Dawson se entendeu uma mulher trans já há alguns anos. Desde então, ela já gastou mais de 50 mil libras em cirurgias em sua transição, que é o período que pessoas trans passam para se adequar ao gênero que entendem pertencer.

Agora, em entrevista ao australiano “MailOnline”, ela revelou também ser lésbica, ou seja, uma mulher que sente atração por outras mulheres: “Percebi que não era um homem e tive que me assumir para a família e conhecidos três vezes! Primeiro como homem gay, para depois entender que era na realidade uma mulher, e agora sim finalmente, lésbica.”

Jolene Dawson: mulher trans e lésbica

Pois é. Além de ser uma mulher transgênero, Jolene também sente atração por mulheres. E isso acontece. Não podemos confundir identidade de gênero (quem eu sou) com orientação sexual (por quem eu me atraio): “Encontrei homens incríveis, mas sempre senti atrações por mulheres”, revelou ela à reportagem.

E mesmo com todo dinheiro gasto em cirurgias, inclusive removendo seu indesejável pomo de Adão e colocando seios, algo que ela definitivamente não cogita, é remover seu pênis. Jolene acredita que isso inclusive a ajuda nos encontros: “Estou feliz por tê-lo mantido pois até me ajuda nas relações com mulheres”.

Bem… Há controvérsias, não é mesmo? Nem toda mulher lésbica ou bissexual quer um pênis necessariamente no sexo, Jolene… Mas ok, vai ser feliz, e cada vez mais, garota!

[embedyt]https://www.youtube.com/watch?v=-OG_bDUyyo4[/embedyt]

 

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).