Uma situação real, até bastante comum mas pouco comentada pelas pessoas que não admitem, acabou gerando uma discussão na Internet acerca de relacionamentos e a bissexualidade, ou melhor ainda, a sexualidade.

Segundo noticiado pelo portal Queerty, uma mulher foi ao fórum do site Ask Amy pedir ajuda, revelando que seu namorado recentemente lhe confessou ser bi-curioso. 

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O casal se conheceu em uma festa no ano passado e imediatamente se deu muito bem. “Ele parecia muito interessado em mim durante a fase inicial do namoro, e depois oficializamos em abril”, disse a mulher sobre o início da relação.

As coisas estavam ótimas … por um tempo. Então, no verão passado, ele jogou a questão, que pra ela, caiu como uma bomba: “No meio do verão, ele admitiu para mim que pensava que era bissexual”, contou ela, que ainda lembrou que eles chegavam a falar em formar uma família… mas seria isso algum tipo de impedimento, afinal?

VEJA TAMBÉM:  Quase 60% dos gays tende a envelhecer solteiro contra 39% das lésbicas

Ela explicou: “Embora ele diga que nunca teve um relacionamento com um homem, afirmou que seus desejos vinham aumentando e deixando-o com fantasias eróticas.”

Acontece que ela afirma agora que se sente enganada e em dúvida se mantém o relacionamento ou não: “Ele está dividido entre querer manter o relacionamento comigo ou terminar, porque ele diz que não sabe se poderia ter um relacionamento monogâmico a longo prazo sem que possa ter essa ‘permissão’“, disse ela.

Entretanto, algo que ela não questiona é mudar as regras da relação: “Falamos sobre terminar para permitir que ele explore sua sexualidade já que eu consideraria estar em um relacionamento aberto emocionalmente destrutivo”, afirmou.

Agora, ela se pergunta: “Eu não sei se incentivá-lo a ficar comigo é egoísta, pois não está permitindo que ele descubra quem ele realmente é. Estou perdida, magoada, confusa e não sei o que fazer. Qual é a sua opinião? Estou sendo possessiva? Egoísta? Sensata?”, questionou ela aos usuários do fórum.

VEJA TAMBÉM:  Disney terá sua 1ª protagonista bissexual em The Owl House

Nas respostas, maior parte dos comentários garantiram a ela que não está sendo mesquinha ou egoísta. “Você parece alguém que está se esforçando muito para manter um relacionamento estável e monogâmico com um homem que está lhe dizendo – de todas as formas que ele sabe – que ele quer (e precisa) explorar”, escreveu um dos comentário com mais likes.

Já um outro afirmou: “Você está pensando em em bebês, e ele está pensando em … bem, ele está pensando em muitas outras coisas, a maioria das quais parece levá-lo para outras pessoas e outros relacionamentos”.

“Você precisa deixá-lo ir já que estar em um relacionamento aberto não seria saudável para você. Ele foi honesto e você deve apoiá-lo como amigo, enquanto ele descobre quem ele é – e o que ele quer”, conclui um outro comentário.

VEJA TAMBÉM:  #DropTheB? Por que tem um movimento querendo tirar o B da sigla LGBT?

E qual seria seu conselho pra ela? Já passou por algo parecido? Comenta aqui embaixo!

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).