Uma mulher de 24 anos usou a rede social Reddit para pedir conselhos sobre seu relacionamento depois de fazer uma descoberta inesperada quando foi usar o laptop do namorado para imprimir um documento.

Ela começa contando que seu namorado de 24 anos, amigo de seu irmão mais novo de 20 costumam ser muito próximos e ir para a academia juntos.

“Ontem eu tava em casa sozinha e meu namorado no trabalho. Precisava imprimir um negócio e meu notebook não funcionava. Meu namorado tem alguns notebooks e um em particular que nunca usa. pensei que era por ser mais velho. Peguei e reparei que não estava desligado.

Quando ligo me deparo com CENTENAS de fotos do meu irmão salvas. Maioria eram de suas redes sociais e algumas do site de seu time de rugby.”

Então ela continua e a situação vai piorando:


Assista também:


“Isso não foi tudo. Tinha um álbum que consistia só fotos e pedaços de vídeos do meu irmão dormindo, se trocando. Podia-se perceber que meu irmão não sabia que estava sendo gravado nas filmagens.”

Em seguida, ela finaliza sua história pedindo um conselho de quem quiser se dispor a ajudá-la:

“Estou confusa, enojada e chocada. Que diabos tá acontecendo? Quando ele voltou do trabalho fui direto dormir, não conseguia nem encará-lo. Honestamente não consigo entender uma razão pra ele fazer isso. Caras héteros não fariam isso, certo? Não sei se devo confrontá-lo, se devo perguntar sobre tudo isso…”

Muitos usuários deram suas opiniões. A mais curtida na plataforma dizia: “Não se trata do seu namorado se sentir atraído sexualmente por seu irmão apenas, mas dele ser obsessivo. Eu posso ser solteiro e curtir alguém, mas não vou ficar armazenando fotos dessa pessoa, isso é assustador. Fora que é criminoso ele tirar fotos do seu irmão sem o consentimento dele, dormindo… É muito pior ainda do que se seu namorado fosse gay apenas!”.

Hétero de Taubaté? Bissexual? E vocês o que fariam no lugar dela?? Comenta aqui embaixo!

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).