Duas fontes do Partido Republicano relataram que Melania Trump tentou iluminar a Casa Branca com as cores do arco-íris para o mês do Orgulho, mas foi impedida de fazê-lo.

De acordo com o Washington Blade, Melania Trump queria recriar a demonstração de apoio à comunidade LGBTQ que Obama havia demonstrado em 2015 (quando a igualdade no casamento foi legalizada).

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No entanto, a esposa de Donald Trump foi impedida por Mark Meadows de mostrar qualquer apoio. Na verdade, é relatado que Meadows garantiu que o Mês do Orgulho fosse totalmente ignorado.

Donald Trump já expressou seu apoio ao Orgulho e está registrado como tendo dito que está “bem” com a decisão da Suprema Corte a favor das núpcias do mesmo sexo. (Apesar de ter denunciado o casamento gay inúmeras vezes antes de sua presidência).

Mês passado, Melania Trump foi notícia sobre a decoração das árvores de natal da casa Branca, tendo usado novamente zero motivos sociais nas estampas.