Uma análise do jornal Estado de São Paulo revelou que mais da metade da Bancada Evangélica da Câmara dos Deputados não conseguiu renovar seu mandato nas Eleições 2018.

Dos 82 deputados evangélicos que terminam mandato agora em 2018, somente 37 voltarão pra nos atazanar no ano que vem.

Um exemplo é um dos líderes da Bancada Evangélica, Pastor Takyama (PSC/PR), que obteve votação muito menor em seu Estado do que teve quatro anos atrás. O mesmo aconteceu com vários outros candidatos do bloco.

Vale lembrar entretanto, que apesar da notícia ser ótima em um Estado Laico como deve ser o Brasil, frentes progressistas devem continuar  encontrando dificuldade nos próximos quatro anos pelo fato do partido conservador de Jair Bolsonaro, o PSL, ter eleito uma das maiores bancadas da Câmara: são 52 eleitos.

Ao mesmo tempo, a frente mais progressista não fez feio, com o PSOL dobrando de tamanho, de 6 para 11 deputados, e o PT elegendo a maior bancada, com 56 deputados.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).