O primeiro museu dedicado inteiramente a vagina será aberto em Londres em novembro de 2019.

O Vagina Museum irá mostrar trabalhos de arte com vaginas e vulvas em uma tentativa de quebrar muito estigma e preconceito que ainda existe com o órgão, expondo sua beleza e anatomia.

Ah, caso você esteja se perguntando: Sim, já existe um museu do pênis, o Icelandic Phallogical Museum, na Islândia desde 1997.

Os assuntos contemplados nas obras de arte variam de formatos à gravidez e ao período menstrual. “O museu tratará de toda importância cultural e histórica desta anatomia ginecológica”. Também será exibida a história dos métodos contraceptivos e também tipos de câncer e questões de saúde referentes a esta parte do corpo.

Uma das novidades muito bem vindas é de que o museu será inclusivo quanto a realidade dos homens trans. “Ser inclusivo em relação a transexualidade é um de nossos valores mais importantes. Expor não somente homens trans, mas pessoas não binárias que tem vagina fará parte de nossas exibições”, disse o diretor do museu, Florence Schechter ao GayStarNews.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Obra de arte que retrata os diferentes tipos de vagina.

A importância da iniciativa é explicada pelos próprios criadores e baseada em estatísticas: “65% das garotas de 16 a 25 anos tem dificuldade até de usar a palavra vagina. Mais de 10% das mulheres de 16 a 35 anos nunca encontraram seu ponto G. Mais de 1/3 admite a dificuldade de ir a ginecologistas e tratar o tema com naturalidade”.

A iniciativa também busca conscientizar homens cis (homens com pênis) sobre a questão: “Metade deles não se sente confortável de falar com a esposa ou uma amiga sobre o assunto. Em uma pesquisa de 2017 (Eve Appeal) já foi constatado que muitos enxergam o órgão como ‘algo misterioso’, isso quando não tem uma ideia ofensiva’.

O museu deve ser aberto no ‘hypado’ bairro londrino de Camden Town.

Uma campanha para ajudar a arrecadar fundos pela abertura do museu está sendo realizada pela Internet, clique aqui pra ajudar. O projeto começou em 2017 como uma mostra que viajou por várias cidades e tem a intenção de conseguir fundos para ser um museu fixo a partir de 2019.


Conheça mais sobre o projeto no Facebook e no Twitter.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).