Nunca se sabe o que Kanye West está pensando direito, entre seu apoio a Trump, twittar “Bill Cosby é inocente!” e tentar concorrer à presidência em 2020, sua última aparição na web foi mijando em um de seus Grammy.

Mas seu último tweet com certeza será um ponto de discussão. Em uma declaração aparente sobre a sub-representação dos negros na indústria da música, West compartilhou um vídeo do que parece ser ele urinando em um de seus próprios prêmios Grammy. Para o registro, ele ganhou 21 deles.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Acredite em mim… NÃO VOU PARAR”, escreveu Kanye West na legenda do vídeo. Se você nunca viu uma estátua dourada receber uma chuva dourada, bem, aqui está sua chance:

VEJA TAMBÉM:  Ator pornô doa lucros do OnlyFans para o combate ao Coronavírus

“Viveu tempo suficiente para ver Kanye West fazer xixi em um de seus GRAMMYs”, escreveu um comentarista.

Segundo o Querty, isso veio na esteira de West compartilhar páginas de seu Contrato de Gravadora Universal enquanto exigia ser liberado do acordo, chamando a indústria da música de “escravidão moderna”.

West tweetou: “Aqui estão meus dez contratos com a gravadora Universal… preciso que todos os advogados do mundo olhem para eles” e, depois de postar imagens ilegíveis de contratos, começou a twittar as páginas dois de cada vez. “É assim que se parece o meu negócio com Kanye West hoje”, escreveu ele.

VEJA TAMBÉM:  Criativa, fotógrafa faz sessão de fotos de pênis fantasiados

Nos últimos dias, em seu stories, a americana Azealia Banks criticou o posicionamento do marido de Kim Kardashian, que apoia a cultura anti-aborto. Azealia chamou Kanye de “gay enrustido” e conta que ele não tem transtorno bipolar coisa nenhuma, sendo apenas mais uma desculpa para tudo que ele vem dizendo e mostrando.