A jogadora pela North Carolina Courage, Jaelene Hinkle, se recusou a entrar em campo com as camisas confeccionadas para o time especialmente para celebrar o Mês do Orgulho LGBT.

“Não faz parte do meu trabalho usar essa camisa. Foi muito decepcionante. Simplesmente não questiono as palavras de Deus”, disse ela ao ser questionada.

Sua posição conservadora não é novidade. Em seu Twitter, ela já postou em 2015: “Este mundo está se afastando cada vez mais de Deus… Só podemos orar!”

Ao contrário dela, todas suas colegas de time, muito bem resolvidas e a favor da igualdade de direitos, usaram o uniforme com as cores do Orgulho LGBT.

Foi parte de uma iniciativa entre a US Soccer e a You Can Play, uma organização cujo objetivo é combater a homofobia e a transfobia e garantir a igualdade para todos os atletas, treinadores e torcedores, a adoção da camisa no mês de junho, quando se celebrar o Orgulho LGBT.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).