Joe Biden, o atual presidente dos Estados Unidos, escolheu uma mulher transgênero para ser secretária assistente de Saúde, Rachel Levine. De acordo com G1, o senado americano da Pensilvânia aprovou seu nome e mesmo que, a profissional seja uma das poucas pessoas trans a atuar em cargos eleitos ou nomeados no país, talvez isso seja um sinal de que grandes mudanças estejam por vir.

Primeira trans no governo Joe Biden
Rachel Levine em maio de 2020 (Foto: Joe Hermitt/AP)

“A doutora Rachel Levine trará a liderança estável e a experiência essencial de que precisamos para ajudar as pessoas a superar esta pandemia, não importa qual é seu código postal, raça, religião, orientação sexual, identidade de gênero ou deficiência, e atenderá as necessidades de saúde pública de nosso país neste período crítico momento “, relatou Biden.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Formada por Harvard e pela Tulane Medical School, Levine é presidente da Associação de Agentes Estaduais de Saúde. “Ela é uma escolha histórica e profundamente qualificada para ajudar a liderar os esforços de saúde de nossa administração” completou Joe Biden.