Estudantes da Universidade La Sapienza em Roma ficaram chocados ao descobrir que seu professor de matemática, Buggero Freddi, também trabalhava como ator pornô de filmes gays.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Um post com prints e materiais adultos gravados por ele no passado viralizaram. A Universidade e a imprensa local, é claro, entraram em polvorosa com a história.

Falando ao programa GSN do canal La Republica, Freddi contou que entrou na indústria pornô depois de tentar emprego como engenheiro na Itália e simplesmente não conseguir: “Me procuraram oferecendo filmar pornô pra ser lançado nos Estados Unidos e pensei: “Por que não?”.

Ele afirmou que viu a oportunidade como um trabalho qualquer e que o ajudou a ganhar mais. Depois de assinar contrato com a produtora Colt Studios na California, Freddi passou a adotar o nome artístico de Carlo Masi.

“Eu sabia que eventualmente alguém iria descobrir e isso vazaria”, afirmou ao ser questionado pelos repórteres o também ator que hoje vive apenas de dar aulas de matemática. Seus filmes adultos foram todos gravados em 2013 mas podem ser encontrados facilmente na Internet (calma, @! Lê a notícia até o fim e depois você vai pro Google pesquisar “Carlo Masi”…)

VEJA TAMBÉM:  Site vai pagar usuários para assistir pornô

Mesmo sabendo do risco do conteúdo ser descoberto, ele não esperava tamanha repercussão: “Achei que um ou dois alunos falariam disso e depois esqueceriam. Jamais pensei que a história tomaria essa proporção ou que estaria dando entrevista para a imprensa sobre isso.”

Até agora, ele diz que não teve problemas com sua universidade. Desde que a história foi descoberta, na última quinta-feira (21), a única mensagem que ele teve foi de seu orientador, perguntando-lhe sobre como suas aulas estavam indo: “Ele perguntou se podíamos nos encontrar para falar sobre meu futuro no ensino e trabalho – nada fora do normal”.

De qualquer forma, Freddi diz não se arrepender de seu passado no pornô e foi categórico ao afirmar: “Tenho orgulho das minhas duas carreiras.”

E pelo que a gente pode ver por aí, tem muito do que se orgulhar, né gente?

VEJA TAMBÉM:  TransENEM: Porto Alegre terá Cursinho gratuito para pessoas trans

 

Veja também:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).