Um ator pornô gay resolveu defender o viking do capitólio que ficou famoso pelo ato de loucura fascista recentemente durante um ataque ao capitólio americano, que acabou causando 5 vítimas.

A forma como o dono do perfil do OnlyFans “Illuxx” Michel Lucas escolheu para homenagear o supremacista branco Jake Angeli (que foi preso por seu papel no ataque terrorista) foi produzindo um pornô gay vestindo as mesmas roupas do viking, tornando as coisas ainda mais grotescas.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Após o anúncio do atoro pornô de que ele se apresentaria vestido de Angeli no fim de semana (o que ele considerou incorretamente “sátira”, os usuários das redes sociais o acusaram de tentar lucrar sexualizando um louco terrorista.

Para quem não sabe, o verdadeiro Angeli – um cultista QAnon psicótico que atualmente se recusa a comer na prisão porque não podem servir comida orgânica para ele – está coberto de tatuagens usadas por supremacistas brancos.

Ator pornô tem histórico racista

Michael Lucas usa rotineiramente o racismo e a intolerância para obter lucro em seu estúdio falido ou para inflar seu ego iludido. Ele degradou um elenco inteiro de modelos negras ao produzir um filme chamado “Black Cocks Matter”.

VEJA TAMBÉM:  Grupo de strippers se apresenta e fica 100% nu em talk show holandês

Não é surpresa que o ator pornô saia em defesa do palhaço supremacista. Um dos comentários no trecho do vídeo no Twitter diz: “Não. Não há nada sexy, engraçado, inteligente ou irônico neste cosplay fascista. Pessoas morreram”.