Aviso: Matéria recomendada apenas para maiores de 18 anos.

O coronavírus e a necessidade de isolamento social na população parece nos ter levado de volta aos tempos dos primórdios da Internet, onde sem tanta tecnologia de GPS, aplicativos e rastreamento, o sexo muitas vezes era mais virtual do que real.

Pensando nisso, a revista gay australiana DNA preparou um guia de opções pra você se satisfazer, caso se sinta biologicamente realmente muito necessitado (digamos assim) nestes dias de quarentena.

Acredite, estes tempos passarão. Mas por hora, é melhor se divertir com segurança evitando contágios e riscos à vida por um vírus tão facilmente transmissível. Vamos lá então:

Vídeo adulto caseiro

Pornhub e Cam4 são plataformas famosas por possibilitarem a transmissão de vídeos adultos ao vivo. E você nem precisa mostrar seu rosto se não quiser. Ah, tenha uma boa iluminação e desligue a TV neste momento, a audiência agradece!

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Grupal por vídeo-conferência


Se você curte sexo com mais de uma pessoa, uma opção é uma orgia por vídeo-conferência. Eis como funciona: reúna vários participantes dispostos. Inicie um bate-papo em grupo no Zoom ou House Party (ou qualquer outro aplicativo que permita a exibição de várias telas ao mesmo tempo). Cada participante aponta a câmera pra onde mais interessar exibir e pode rolar até uma competição pra ver quem chega lá antes… ou por último?

Sexo por telefone

Parece até vintage falar em telefone nos dias de hoje. Mas os dias exigem medidas criativas e até desesperadas, mas não menos seguras, certo? Porque não dar uma chance e ligar pro contatinho contando o que você está fazendo?

Atualize suas nudes

Você ainda usa aquela foto de 2009 nos aplicativos? Aproveite o tempo livre no isolamento pra atualizar suas fotos íntimas. Já dá inclusive pra testar o efeito com quem você tiver confiança. Seus contatinhos agradecem!

Usar a imaginação

Em tempos de Internet, muito da criatividade usada no passado acabou sendo deixada de lado. Acredite, sua imaginação muitas vezes pode ser mais poderosa e garantir mais prazeres do que um vídeo aleatório do xvideos!

Brinquedos eróticos

Já que não é possível sair de casa pra ir ao sexshop, há a opção de compras online para masturbadores, vibradores e tudo mais que sua imaginação e desejo permitirem.

Se a grana tiver curta nestes tempos sem trabalho para muitos, uma opção mais extrema – caso você curta muito penetração com objetos – pode ser o que tiver de vegetal fálico na sua geladeira… Recomenda-se muito cuidado e preferencialmente usar até a metade e sem soltá-lo pra não ter perigo do negócio deslizar com tudo pra dentro e você ser obrigado a sair de casa pra ir ao hospital em uma situação bem constrangedora… Entretanto, é muito mais seguro e recomendável o uso de brinquedos com base e próprios para isso!

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).