Um homem foi preso e condenado a cinco anos de prisão na Austrália por não ter revelado a quatro parceiros sexuais que vivia com HIV, infectando-os.

HIV: homem é preso por omitir ter o vírus transmitir para quatro parceiros
O acusado foi preso em 2018 por praticar intencionalmente ato que colocaria em risco a saúde, a segurança e até a vida de outras pessoas | Foto: Reprodução/IG

Segundo informações do Pink News, o homem de 30 anos, que não foi identificado para proteger a identidade das vítimas, teria dito às quatro vítimas não ser portador do vírus do HIV antes de fazer sexo sem camisinha.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

De acordo com o tribunal que o condenou, o homem foi diagnosticado HIV positivo em 2012. Em 2013, ele disse a um homem que não tinha HIV antes de fazerem sexo sem preservativo, o mesmo ocorreu em 2014 com outro homem que conheceu via aplicativo de namoro. Posteriormente, ambos foram diagnosticados como portadores do vírus.

Ainda em 2012, o acusado iniciou um relacionamento de longa duração, e disse ao namorado que era negativo para HIV. Após 2 anos de namoro, os dois deixaram de usar preservativo. Em 2015, ao descobrir medicamentos anti-retrovirais do acusado, o namorado fez o teste e também descobriu a infecção por HIV.

VEJA TAMBÉM:  Acesso ilimitado à PrEP será lançado na Inglaterra, finalmente

Após o término do namoro, o homem ainda fez sexo sem camisinha com outro parceiro que conheceu no Tinder e disse ser HIV negativo. O homem também testou positivo. O acusado foi preso em 2018 por praticar intencionalmente ato que colocaria em risco a saúde, a segurança e até a vida de outras pessoas.