Um homem está sendo acusado de matar sua esposa depois de ser descoberto que a traía com caras que conhecia no Grindr, aplicativo de encontros gays.

O farmacista Mitesh Patel, de 37 anos, teria assassinado sua esposa e sócia, Jéssica. A mulher foi encontrada morta na casa deles no subúrbio de Middlesbrough, na Inglaterra.


Assista também:


Ainda segundo informações do portal GayStarNews, o juiz James Goss, que analisa o caso, concordou que a infidelidade do acusado e as relações com outros homens poderiam ser aceitos como argumentos tanto pela defesa quanto pela acusação.

O casal de empresários e farmacêuticos tinha uma farmácia em Roman Road em Linthorpe.

A morte de Jéssica Patel aconteceu em sua casa no último dia 14 de maio deste ano, e embora seja acusado, seu marido nega as alegações de que teria assassinado a esposa.

O juiz que analisa o caso afirmou: “É comprovado que o senhor Mitesh Patel durante o matrimônio tenha sido infiel a sua esposa tendo encontros sexuais com outros homens, alguns inclusive usando o aplicativo chamado Grindr”.

Ele ainda pediu pra quem tivesse Grindr no júri, que se afastasse do caso: “Portanto, caso alguém do juri tenha frequentado a farmácia ou os arredores pelos últimos sete anos e tenha o Grindr instalado, deve se abster do juro por suspeita de envolvimento no caso.”

O primeiro julgamento deve acontecer na próxima quinta-feira de manhã.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).