Horace Owiti Opiyo, um rapaz de apenas 20 anos que vive em Kibigori, no Quênia, é um novo homem após passar por uma cirurgia que reduziu o tamanho enorme de seu pênis e testículos.

Ainda que muitos que leem esta matéria possam estar se questionando: por qual motivo um homem ia querer reduzir seu pênis, Horace já não conseguia mais sequer andar ou ter uma vida normal devido ao tamanho do órgão que cresceu mais de 90 centímetros. Ainda segundo informou o tabloide britânico Daily Mail, seus testículos já pesavam 4 quilos.

A causa da anomalia do corpo do rapaz – que acredita-se ser genética – ainda é uma incógnita para os médicos. Horace conta que notou algo de estranho em seu pênis já aos 10 anos de idade.

“Começou como algo pequeno e que parecia mais um cisto que foi crescendo cada vez mais”, contou ele à reportagem.

Seu quadro foi evoluindo até ser diagnosticado como um tipo de elefantíase peniana. Por anos ele sofreu pelo aumento de sua genitália e chegou a ser impedido de ir estudar por isso: “A dor era muito grande tanto pra andar quanto permanecer sentado”, contou ele.

Horace hoje já felizmente sem sua antiga anomalia.

Após anos sentindo dor e constrangimento, ele postou uma foto em suas redes sociais pedindo ajuda: “Tirei algumas fotos e postei no Facebook”, disse ele ao The Sun.

Sem condições de arcar com custos médicos, era tudo que ele precisava.

Depois de 3 dias da publicação, ele recebeu um chamado de doutores do Hospiotal Jaramogioginga Odinga que deram toda assistência e cirurgias necessárias para atender seu caso.

A operação foi realizada com sucesso e hoje ele consegue finalmente ter uma vida normal.

“Agora posso correr e até jogar futebol. Me sinto livre!”, contou Horace. O próximo paso agora é investir na educação que teve que ser interrompida devido a sua condição médica.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).