A direção da FIFA divulgou novo protocolo contra atos discriminatórios que incluem racismo e homofobia como motivos para jogos serem suspensos caso sejam proferidos pela torcida que assiste a um jogo.

A responsabilidade ficará por conta do árbitro que deverá avaliar e julgar comportamentos excessivos e abusivos da torcida no Estádio.

A recomendação é de que, caso veja algum comportamento discriminatório, o árbitro possa paralisar o jogo e solicitar que alto-falantes solicitem fim das manifestações. Caso os gritos prossigam, tanto torcedores quanto atletas podem ser retirados de campo. Em última instância a partida pode até ser suspensa.

Tribunais desportivos poderão ainda analisar casos mais graves que podem resultar em penalização de algum time e/ou multas.

Vale lembrar que na Copa América, a Confederação Brasileira de Futebol acabou sendo multada dem R$ 57 mil reais por gritos homofóbicos aos jogadores bolivianos no Estádio do Morumbi logo na partida de abertura do evento.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).