Com apoio do Laboratório de Estudos e Imagem de Cibercultura (Labic) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), o jornal O Globo conseguiu investigar e detectar 5.843 perfis falsos que faziam publicações automáticas a favor do presidente Jair Bolsonaro no Twitter.

Um exemplo destes milhares, divulgado também pelo portal Catraca Livre, é o perfil @gomes28774783, que quase que exclusivamente posta em defesa de assuntos relacionados ao presidente Jair Bolsonaro. Ele chega a fazer 16 posts por minuto e já escreveu mais de 3 mil publicações em defesa do presidente.

Um dos perfis robôs que defendem o presidente Jair Bolsonaro.

Tanto este quanto outros perfis analisados fazem posts atacando a imprensa, como no caso de quando emplacaram a hashtag #EstadaoMente nos Trending Topics do Twitter e fazem defesa das denúncias de corrupção, os incontáveis laranjas, envolvimentos com milícia e exposição das trapalhadas do governo Bolsonaro, que pra quem não deixa pra se informar apenas pelo “zap da Tia Neide”, sabe que não foram poucas em apenas 3 meses de governo.

Ainda segundo entrevista do diretor de Big Data da Ap/Exata, empresa especializada em análises de redes sociais, Sergio Denicoli, ao portal Catraca Livre, “Os dados revelam que perfis atuam deliberadamente tentando impor uma narrativa em relação aos fatos”. E de fato, muitas pessoas se deixam levar pelas “opiniões” programadas por estes robôs ao pesquisar os assuntos na Internet.

“Como esta rede parece não ser 100% orgânica, ou seja, não é uma rede plenamente espontânea, isso leva a crer que há um mecanismo forte agindo por trás dessa máquina”, afirmou Sergio.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Acredita-se que não apenas no Twitter, mas via grupos e robôs que também atuam no Whatsapp e Facebook, muitas das fake news envolvendo clássicos das notícias falsas como Lei Rouanet, Pabllo Vittar, Globo, STF, mamadeira de piroca ou ainda difamando a memória de Marielle Franco, tenham esta mesma origem. Mas de onde vem? E o principal questionamento: é financiado por quem este esquema e com que interesses?

Após a denúncia do jornal O Globo, alguns dos perfis acusados foram tirados do ar pelo Twitter.

Resta saber até quando viveremos nesta verdadeira manipulação onde, através das redes sociais, Jair Bolsonaro e seus filhos, conseguiram até eleger um presidente da república no Brasil… tudo com base em fake news e ataques sujos e mentirosos

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).