Andy é um jovem americano e gay. Quase sempre ativo, ele estava viajando a trabalho e marcou um encontro com um “amigo de longa data” que também é ativo. Nessa queda de braço, Andy decidiu se preparar todo para ser passivo… acontece que deu tudo errado.

O amigo desmarcou de última hora e Andy ficou putaço. Sem se conter, ele resolveu gravar um vídeo contando a história em seu Twitter. Claro que viralizou.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O jovem explicou que ficou um tempão no banheiro se preparando e até tentou ser romântico.

“Eu também fui atencioso e acendi uma vela, e arrumei minha maldita cama, o que nunca faço, e estendi uma toalha que nunca o faço porque não sou uma pessoa muito atenciosa e de repente tive esse súbito desejo lá atrás”.

Andy brincou dizendo que quer virar político e tornar essa situação um crime. Quem nunca sofreu por uma chuca à toa, né?

VEJA TAMBÉM:  Troye Sivan detona repórter após pergunta sobre ser ativo ou passivo

“Ele me ferrou cancelando esse encontro. Juro por Deus, vou concorrer a um cargo público e tornarei isso ilegal. Eu nunca cancelei alguém e sou orgulhoso disso. Vou criminalizar essa merda. Sempre soube que o processo é demorado e emocionalmente desgastante: tomar Imodium horas antes, me limpar, acender uma vela, perder a esperança e ficar progressivamente mais irritado com o passar do tempo”, disse descontrolado.

E o motivo do bolo do boy foi…

“Uma hora depois que deveríamos nos encontrar (e depois que meu estômago estava cheio de tacos e guacamole), ele me mandou uma mensagem dizendo que ele tinha uma briga imprevista de colegas de quarto e que não estava mais”, explicou ele em seu longo – e desnecessário – desabafo público.

Confira o surto no vídeo abaixo:

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.