Um garoto de programa foi preso no último dia 3, quinta-feira, acusado de matar um cliente a tiros em Queimados, na Baixada Fluminense do Rio, após os dois discordarem do valor cobrado pelo encontro.

Segundo o portal online EXTRA, o crime aconteceu em julho deste ano, mas só agora o suspeito foi preso. De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), Paulo Vitor de Oliveira Gomes, de 34 anos, o garoto de programa, ainda roubou “os pertences da vítima como forma de pagamento pelo serviço”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Segundo informações da polícia, Anderson de Almeida Paulo, de 38 anos, se encontrou com Paulo Vitor no Centro de Queimados, após passar a noite bebendo com amigos em um posto de gasolina. Após o encontro, os dois iniciaram uma discussão quando o garoto de programa, Paulo Vitor, sacou uma arma e executou Anderson.

Em seguida, o garoto de programa roubou os pertences da vítima e fugiu do local. Em depoimento, Paulo contou que já conhecia a vítima e os dois costumavam ter relações sexuais em troca de dinheiro.

De acordo com a DHBF, o corpo da vítima, que era estudante de odontologia, foi encontrado dentro do seu próprio carro, na manhã de quarta-feira, dia 2, na Avenida Irmãos Guinle, em frente a um campo de futebol, a cerca de 50 metros da casa do suspeito.

O garoto de programa Paulo Vítor, que vai responder por homicídio, foi preso dentro de casa e identificado após depoimento de pessoas que tiveram contato com os bens subtraídos da vítima. Informalmente, Paulo confessa que encontrou a vítima, mas nega ter matado a vítima, embora tenha relatado um pequeno desentendimento pelo valor do programa.