Um hacker assumiu o controle de uma rede de gaiola peniana, também conhecidas como jaulas de castidade eletrônicas, e disse aos homens que eles teriam que pagar uma taxa em bitcoin para recuperar o controle, de acordo com imagens de conversas gravadas por um pesquisador de segurança.

Foi revelado em outubro de 2020 que uma falha de segurança no Cellmate Chastity Cage significava que os hackers podiam acessá-lo remotamente e bloquear a gaiola permanentemente, o que significa que “qualquer um poderia bloquear remotamente todos os dispositivos e impedir que os usuários se libertassem”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Agora, foi confirmado que um hacker foi capaz de assumir o controle de dispositivos masculinos – que são frequentemente usados ​​por pessoas da comunidade BDSM para prevenir ereções.

Um homem ouviu: “Seu pau é meu agora” por um hacker que assumiu o controle remotamente de sua jaula de castidade, de acordo com imagens de conversas divulgadas pelo site vx-underground.

VEJA TAMBÉM:  Jovens fazem muito menos sexo do que se imagina, revela pesquisa

Outras vítimas entrevistadas pela VICE também revelaram suas próprias experiências traumatizantes nas mãos do hacker.

Um homem, nomeado apenas como Robert, disse que ficou grato por não estar usando sua gaiola de castidade quando o hacker o contatou para dizer que havia assumido o controle do dispositivo.

O hacker exigiu 0,02 Bitcoin, o que equivale a US$ 750 em dinheiro hoje, para desbloqueá-lo. Robert verificou seu dispositivo e descobriu que estava bloqueado e que ele não tinha acesso a ele.

A gaiola de castidade teria que ser removida usando ferramentas pesadas. Enquanto isso, uma vítima chamada RJ disse que também foi contatada pelo hacker para dizer que havia assumido o controle de seu dispositivo.

O grupo de pesquisa de segurança Pen Test Partners do Reino Unido revelou pela primeira vez no ano passado que havia uma vulnerabilidade no dispositivo que poderia permitir que ele fosse controlado por hackers.

VEJA TAMBÉM:  Estudo revela qual o melhor horário para fazer sexo

Gaiola peniana eletrônica só poderia ser removida com alicate

A gaiola de castidade pode ser bloqueada por um parceiro confiável remotamente por Bluetooth usando um aplicativo móvel, mas não é protegida por senha, o que significa que pode ser facilmente hackeada.

Se os homens visados ​​pelos hackers estivessem usando a gaiola peniana na época, eles poderiam ter se encontrado em uma situação difícil, disseram os pesquisadores da Pen Test Partners na época.

Como o dispositivo é travado com um anel de metal embaixo do pênis do usuário, ele provavelmente teria que ser removido com um cortador de parafuso resistente.