Festinha gay está rolando no mundo todo e a gente sabe que quebrar o isolamento social acabou ganhando defensores sobre as mais diversas justificativas. Dessa vez, a que ganhou os trends no Twitter foi um cruising no Estado de Atlanta, EUA, que teve sua semana do orgulho cancelada por conta Da Pandemia.

Mas parece que algumas pessoas não entenderam as determinações de segurança. Apesar de o país ainda ter a maioria dos casos de COVID-19, as comemorações ocorreram em diversos locais e festinha gay não faltou nesse fim de semana.

Sem surpresa, ninguém parece ter se intimidado com as enormes multidões que acabaram se reunindo durante as festas. Peach Party, em particular, foi alvo de críticas, apesar de encorajar os festeiros a seguirem as diretrizes do distanciamento social e de que o uso de máscara seria obrigatório, ao que parece, com imagens mostrando grupos de drags sem máscara amontoadas nos deques.

Segundo o site CockTails and CockTalk, o famoso bar The Heretik já foi multado por alimentar um surto de coronavírus no início deste ano por conta de suas festas com aglomerações. Alegadamente, apenas um dos principais eventos queer aconteceu do lado de fora e os outros seis foram em boates.

Mas não teve festinha gay apenas no circuito de Atlanta durante a semana, muitas outras imagens ganharam as manchetes e trends com aglomerações inclusive mostrando brigas e confusão sendo separadas por seguranças, que não estavam ali para manter o isolamento social, obviamente.

No Brasil, empresários estão forçando o poder e a opinião pública para abrirem seus estabelecimentos com a justificativa de que podem falir se não voltarem com as atividades, também alvo de críticas, bem como de apoiadores.