Em um vídeo do National HIV Testing Week, o príncipe Harry fez um apelo para que as pessoas continuem fazendo sexo com proteção contra o vírus HIV, e principalmente: se testem regularmente.

Ele afirmou que fazer o teste de HIV periodicamente deve ser algo que deve ser motivo de orgulho: “Fazer o teste é algo do qual você deve se orgulhar, não se envergonhar.”


Assista também:


E continuou: “Ainda há muito preconceito com quem vai fazer o teste. Não há porque temer ou evitar. É rápido, seguro e prático. Ser testado ajuda a deter o crescimento do vírus na população, ajuda a salvar a sua vida e todas as vidas.” (continua abaixo)

Veja também:

E ele tem toda razão. A maior parte dos novos casos de HIV vem por infecções de pessoas que sequer sabiam que tem o vírus, e sem o tratamento adequado, o espalham por aí. Se todos que tem HIV, soubessem disso e se tratassem corretamente, não haveria nem como ter mais contágios por HIV.

“Se pudermos continuar incentivando as pessoas a se testarem cada vez mais, uma próxima geração vai conseguir viver sem novos casos de HIV!”, lembrou Harry.

Sua alteza fez questão ainda de ressaltar que o número de infectados no Reino Unido tem caído. São 28% menos casos anuais do que há dois anos graças a novas estratégias de prevenção como a PREP, que inclusive também já está disponível no Sistema Único de Saúde brasileiro.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).