A medicina deu mais um salto nessa quinta-feira (28). É que cirurgiões norte-americanos anunciaram que realizaram o primeiro transplante de rim de um doador vivo com HIV para um receptor também com HIV!

Segundo informações, o rim de uma mulher HIV positivo foi transplantado para outra portadora do vírus da Aids, na cidade de Baltimore. A decisão de realizar o transplante é reflexo da confiança dos cientistas nos atuais medicamentos antirretrovirais, que possibilitam aos pacientes levar uma vida normal, ou próxima disso.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Apesar de os médicos acharam perigoso para Nina Martinez, 35, ficar com apenas um rim devido a sua condição, a cirurgia foi realizada na última segunda-feira a um receptor anônimo. Acredita-se que aproximadamente 500 pessoas soropositivas possam doar órgãos anualmente nos EUA. Atualmente apenas órgãos extraídos de pessoas que morreram com HIV podiam ser transplantados.

VEJA TAMBÉM:  Elton John anuncia doação para proteger pessoas com HIV+ durante pandemia

Apesar disso, desde 2016 existe a autorização no hospital para realizar transplantes do tipo; existia, porém, o aguardo de encontrar pacientes compatíveis.

O receptor do transplante deve continuar tomando antirretrovirais.