Mark Foster ex-nadador olímpico, seis vezes campeão do Mundo, bateu oito recordes mundiais, trabalha como comentarista na rede BBC Sports na Inglaterra, se assumiu gay.  Ele disse que estava cansado de dizer “meias verdades em público”, revelou na entrevista ao ‘The Guardian’.

“Ninguém me forçou a assumir, simplesmente escondi isto tempo de mais, sempre com meias-verdades. Não ser verdadeiro só me magoa. Tenho 47 anos, sou um homem de meia idade e já não estou competindo. Além de não ser o primeiro atleta gay da Inglaterra ou na minha modalidade a fazer isto. Gareth Thomas e Tom Daley abriram caminho”, disse Foster.

“Nos últimos 26 anos, tive dois longos relacionamentos com dois homens incríveis. É importante não viver com medo. Não sinto medo de muitas coisas na vida, mas por muito tempo era assustador olhar para dentro de mim e encarar as mentiras que contava”, disse.

Embora tenha vivido publicamente entre “meias verdades”, o desportista afirma que para a família e amigos a homossexualidade nunca foi um segredo. “Eu vivi uma vida abertamente gay para os meus amigos e família, mas sempre escondi enquanto nadador”, concluiu.

 

 VEJA TAMBÉM:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).