No jogo da última quinta-feira (13), em que a seleção brasileira feminina jogou contra a Austrália, uma atitude da jogadora da seleção, Marta, chamou a atenção do mundo. Na chuteira, a atleta usou o símbolo da igualdade de gênero estampado, nas cores rosa e azul.

Em uma postagem na sua rede social, Marta explicou a atitude. “Bola igual. Campo igual. Regras iguais. Se as mulheres jogam futebol da mesma forma que os homens, por que elas não recebem o devido reconhecimento? O devido apoio? A devida remuneração?”, escreveu.

Quando a atacante brasileira marcou seu 16º gol nesse jogo (Austrália 3 x 2 Brasil), ela entrou para a história como a única jogadora, entre homens e mulheres, a marcar gols em cinco copas diferentes.

LGBT assumida, a jogadora é embaixadora global da ONU (Organização das Nações Unidas) Mulheres. Além disso, a atleta é engajada em diversas campanhas sociais por igualdade de direitos.