Erika Hilton, militante LGBT e deputada estadual pela bancada ativista em São Paulo, afirmou em nota que está protocolando impeachment do Ministro da Educação Milton Ribeiro, aliado do governo de Jair Bolsonaro.

Em um pronunciamento, o Ministro lamentavelmente afirmou ao jornal Estado de São Paulo que acha “que o adolescente que muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo (sic) tem um contexto familiar muito próximo, basta fazer uma pesquisa. São famílias desajustadas, algumas. Falta atenção do pai, falta atenção da mãe”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em sua conta do Twitter, Erika Hilton disse “Estou protocolando o impeachment do Ministro da Educação de Jair Bolsonaro na PGR. Mal chegou e já comete crime, dizendo que homossexualidade acontece apenas em famílias desajustadas. Aparelhando o governo para influenciar milhões de famílias a odiarem seus filhos LGBTs. Chega!”.

 

VEJA TAMBÉM:  Erika Hilton reúne apoio de famosos em manifesto por diversidade na política

A deputada Erika Hilton postou imagem do protocolo e reiterou: “O não a gente já tem. Aceitar calados, não vamos. Vamos pra cima, porque além de ser o certo, é nossa obrigação. Além do mais, não sou do time das que acreditam que se contenta com o fim da história, passivamente.

Em sua fala estúpida e ignorante, o Ministro diz: “Vejo menino de 12, 13 anos optando por ser gay, nunca esteve com uma mulher de fato, com um homem de fato e caminhar por aí”. Já sabemos que essa discussão é baseada em ódio e achismos preconceituosos e sim, não devemos nos calar.