Surpreendendo a muitos, até mesmo a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, do governo Bolsonaro, Damares Alves, se colocou contra o ato de censura do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella contra a HQ infanto-juvenil que continha a ilustração de um beijo gay entre dois personagens.

Questionada pelo jornal Folha de São Paulo se defende o veto de Crivella, Damares foi enfática: “Não. Não defendo. Cabe à família decidir o conteúdo que a criança deve consumir e não legitimar uma censura”, disse.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

E continuou: “Porque, se o material era para adulto, não era para criança, e se o pai quiser comprar e dar para a criança, a criança pertence à família. Se a família acha que deve dar, a família dá”.

Entretanto, nada disso deve servir para LGBTs darem biscoito à ministra. Seu histórico de atitudes e declarações LGBTfóbicas, fora defesa de tortura (vulgo “cura gay”) é bem conhecido, vale salientar.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).