Que muita gente adora tomar uma cerveja gelada em um dia quente, ou até mesmo na balada, isso a gente já sabe. No entanto, você sabia que a famosa bebida é rica em nutrientes que podem auxiliar na saúde capilar? Pois bem, é exatamente isso que explica o tricologista Dr. João Gabriel Nunes.

Segundo o especialista, a cerveja possui um grande complexo vitamínico e alta concentração de proteínas que servem para estruturar o cabelo. De acordo com ele, cervejas como Puro Malte, as mais escuras como a Ipa, Pale Ale e a de trigo conhecida popularmente como Weisse, possuem uma quantidade muito grande de pequenos aminoácidos facilmente absorvidos pelas fibras dos cabelos e, dessa forma, são mais eficazes na reestruturação e na hidratação do cabelo quebradiço.

“Graças a grande quantidade de complexo B de vitaminas e proteínas, a cerveja vai garantir que o fio de cabelo adquira uma maior flexibilidade e que o brilho dure mais”, explica o tricologista. “O uso regular como máscara no cabelo garante uma hidratação extra, além de impedir que as fibras fiquem danificadas pelo sol ou pelo aumento de cloro da água do chuveiro, já que ela forma uma espécie de barreira de proteção no fio, quebrando as pontes dissulfeto – que são os espaçamentos entre as fibras do cabelo”, completa.

Entretanto, aprecie com moderação: pois o especialista faz um alerta para o uso em excesso da cerveja nos cabelos.  “Recomendamos esse tipo de hidratação no máximo de 15 em 15 dias e, preferencialmente, com bebidas de qualidade como Puro Malte, escuras, Pale Ale e Weisse. As cervejas pilsen, as mais populares e vendidas em larga escala, não são recomendadas, porque não possuem os nutrientes importantes para o cabelo, como a malte em concentração alta, e utilizam uma grande quantidade de milho e arroz no processo de maturação”, encerra o especialista.