Um homem de coração partido, na Escócia, prestou uma homenagem linda ao seu namorado, um cuidador que faleceu de COVID-19 aos 34 anos de idade.

Mick Gallagher era um prestador de serviços que trabalhava no turno da noite em casas de repouso perto de Glasgow e estava treinando para ser enfermeira, segundo informações do canal 4. Ele tinha asma leve, mas ia trabalhar mesmo assim em meio à pandemia.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele e seu parceiro John haviam se mudado recentemente e estavam planejando seu futuro, mas em 9 de abril, Mick morreu de COVID-19. Ele é um dos mais jovens profissionais de saúde do Reino Unido a morrer durante a crise do coronavírus.

John disse ao canal 4: “Ele estava sempre feliz, sempre rindo e fazendo uma piada. Ele era muito altruísta, fossem seus residentes, eu, sua mãe.

VEJA TAMBÉM:  Homem que foi a pool party gay em Miami morre de Coronavírus

“Era o Mick, ele só gostava de cuidar das pessoas … Ele era quem cuidava da sua mãe ou do seu pai quando elas não eram capazes de cuidar de si mesmos. Foi ele quem se certificou de que estavam confortáveis, bem alimentados. Foi ele quem garantiu que eles fossem dignos no final.”, disse John.

E continuou: “No dia em que ele morreu, ninguém diria que isso aconteceria pelo seu estado que nem aparentava tão mal. Ele só parecia cansado”.

Mas quando Mick tomou banho naquele dia, as coisas pioraram: “Eu o ajudei a levantar e assim que ele ficou na vertical, ele começou a sentir falta de ar”, disse John. “De sentado como eu estou agora para morto foi questão de 20 a 30 minutos.”

Choroso, ele acrescentou: “Suas últimas palavras foram que ele estava com medo, e eu também estava com medo, mas eu estava lá por ele”.

VEJA TAMBÉM:  Devido ao Coronavírus, Mika cancela shows, inclusive 3 no Brasil

E então ele me disse que me amava e eu disse a ele também, que o amava e que conseguiríamos superar isso.

Quando a ambulância chegou, Mick já havia falecido.

O funeral de Mick foi pago com ajuda de amigos e uma vaquinha solidária, uma vez que ele não tinha tantas economias e nem qualquer tipo de seguro funeral.

John disse: “Não é algo que você pensa, planejando o funeral de alguém. E certamente não para Mick, ele tinha apenas 34 anos. Isso é algo que as pessoas da nossa idade não pensam por mais 10 ou 20 anos pelo menos nesta idade”.

“Eu e Christine [mãe de Mick] queremos agradecer a todos que doaram algo. Em poucas horas conseguimos o suficiente para pagar o funeral de Mick”.

Sobre divulgação da história, ele finalizou: “Fiquei um pouco nervoso por compartilhar. Pra ele, este era um risco do trabalho. Estamos felizes que a história dele tenha tocado a tantos”.

VEJA TAMBÉM:  Líder homofóbico da Chechênia que minimizou coronavírus é internado com sintomas da doença

Fonte: PinkNews

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).