O surto de uma mulher que começou gratuitamente a falar contra o Grindr em um shopping em Toronto, no Canadá, viralizou na Internet na última semana.

O vídeo – que já teve mais de 17 mil visualizações – mostra o que parece ser uma briga gerada por uma disputa de vaga do estacionamento.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

De acordo com o Daily Carter, a mulher foi confrontada por um funcionário por estacionar seu carro não elétrico na vaga destinada a carros elétricos. Irritada, ela acabou misturando os assuntos e desabafando sobre o que pensa do aplicativo de encontros gays e a ideia que ela faz dos jovens gays dos dias de hoje. Homofobia internalizada? Ou ela não estaria errada no que diz? E afinal, o que o Grindr tem a ver com o assunto, o segurança seria gay ou estaria usando o aplicativo?

VEJA TAMBÉM:  Namorado soluça e vai às lágrimas com pedido de casamento que viralizou no TikTok; assista

“Esses caras acham que são donos do mundo e pensam que podem fazer o que querem”, diz a mulher ao sair do veículo visivelmente alterada para falar com um grupo de seguranças do shopping center Sherway Gardens sobre a briga pela vaga.

“Ok, eu tenho que fazer o meu vídeo”, diz a mulher aos seguranças enquanto puxa o telefone e começa a atacar o segurança que a contestou: “Você é nojento e estou tão cansado de jovens que pensam que são tudo isso”.

Ela então continua e começam aqui suas críticas ao Grindr: “Minha nossa. É só isso que sua geração faz! Vocês ficam no Grindr caçando caras e mostrando partes do corpo! Vocês não tem auto-respeito!”, grita ela ao rapaz que acaba rindo do ataque.

VEJA TAMBÉM:  Crianças falam o que sabem de diversidade em vídeo muito fofo; assista

Um segurança então escolta a mulher para longe do homem e tenta explicar que ela não pode estacionar no ponto da estação de carregamento de carros. Ela então, vendo que estava errada desde o início, culpa sua falta de visão por não ser capaz de ler o sinal.

Nos comentários da publicação houve yag discordando dela, pelo surto e pelas homofobias ao atacar gays e o uso dos aplicativos gratuitamente, e até quem a defendesse concordando com suas críticas sobre o Grindr.

Só uma coisa que definitivamente não ficou claro: o que ela tem a ver com o que a gente faz com o Grindr, afinal? Assista abaixo e tire suas conclusões:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).