É cada situação que acontece no Grindr, né? Viralizou em várias redes sociais e grupos de Whatsapp nos últimos dias, uma conversa inusitada entre dois homens gays que combinavam um encontro. Nada seria atípico não fosse por um deles ter TOC, ou Transtorno Obsessivo Compulsivo.

Pra quem não sabe, o TOC é uma desordem comportamental caracterizada por pensamentos e medos irracionais (obsessões) que levam a comportamentos compulsivos. Os sintomas geralmente começam de modo gradual e variam ao longo da vida e de pessoa para pessoa. A questão felizmente tem tratamento, que costuma incluir psicoterapia, medicamentos ou ambos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Pois bem. No papo do Grindr, ao questionar seu date se ele pretendia ser ativo e ter uma resposta afirmativa, o rapaz explicou como a coisa funcionaria: “Só dou de lado esquerdo, precisa apertar meu pé pra eu gozar. Gosto de contar as bombadas e só gozo entre 86 e 111. São alguns TOCs, mas só funciono assim”.

Em seguida ainda veio mais uma recomendação: “Ah, não transo de quinta-feira”.

Veja abaixo a imagem do chat que tomou as redes sociais:

VEJA TAMBÉM:  "Tomou água de chuca?!", pergunta Nany People pra Lília Cabral em O Sétimo Guardião; assista
Poc com TOC no chat do Grindr (Foto: Reprodução / Twitter)
Poc com TOC no chat do Grindr (Foto: Reprodução / Twitter)

Entre os internautas, nem todos acreditaram na conversa: “Achei fraca a fic 7/10”, disse um, que como a maioria, levou na brincadeira a história.

Bem, se a situação do Grindr acima é de fato inventada ou verdadeira, não se sabe ao certo. Mas vale lembrar que o TOC é um transtorno real e diagnosticável. Como lembrou o internauta Magister no post: “Gente, só vamos lembrar que existem pessoas com TOCs e que pessoas com Aspenger e outros espectros do autismo também tem formas muito específicas de fazerem algumas coisas. Por mais que seja engraçadinho, evitem tirar sarro como se fosse algo anormal, não quer? Beijo, next.”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).