Ashley Gonzalez,22, trabalhava como segurança na Igreja de São Miguel, quando o padre George Rutler começo a se masturbar em sua frente enquanto assistia porno gay hardcore.

“Ele olhou para mim com um sorriso, desviou o olhar, colocou a mão dentro da calça e começou a se tocar” declarou a segurança ao PinkNews.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Padre é flagrado assistindo porno gay e agride segurança (Foto: PinkNews)
Padre é flagrado assistindo porno gay e agride segurança (Foto: PinkNews)

A moça passou a filmá-lo para obter uma prova, mas foi agredida quando tentava sair do escritório. “Ele agressivamente se jogou em cima de mim e me agarrou com força”.

A denúncia é investigada pela promotoria de Manhattam, em Nova Iorque. A arquidiocese de Nova Iorque afirmou que “o padre nega as acusações”.