Depois do escândalo de um dos donos da Smart Fit, Edgar Gomes, ser investigado de financiar fake news para Bolsonaro nas eleições de 2018, vários clientes da academia decidiram por encerrar seus contratos. 

Tem uma forma de cancelar online, mas muita gente não conseguiu, suspeitando que estavam sabotando o sistema para dificultar os cancelamentos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Nesta sexta-feira (3), a prefeitura do Rio de Janeiro liberou o funcionamento das academias.

Quem passou em frente à filial da Lapa, na Rua Riachuelo, viu uma grande fila de pessoas. Umas queriam só curar a abstinência de meses sem malhar numa academia, mas outros queriam mesmo era cancelar o plano.

Um deles era Ricardo Giorgio, de 20 anos. Em entrevista ao jornal Extra, o universitário contou que acordou cedo apenas com esse objetivo.

“Fiquei meia hora na fila para conseguir cancelar. Tinha umas 20 pessoas fazendo o mesmo. Tem muita gente insatisfeita com o relacionamento que eles têm com os clientes.”

Muitos LGBTQ+ prometeram um boicote à rede, mas ainda não se tem noção do impacto disso na franquia de academias.

VEJA TAMBÉM:  Erro de gestão Crivella deixa Rio de Janeiro sem remédios de HIV

E você, já cancelou seu plano?

 

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.