Uma das vantagens de viajar para a Europa – e mesmo morar – é ter a possibilidade de conhecer vários países e culturas diferentes com muito menos custo e distância do que, por exemplo, quando se vive em um país de dimensões continentais e sem uma linha ferroviária adequada, como infelizmente ainda é o Brasil.

Só na Grã-Bretanha, pra se ter ideia, existem mais de 2.500 estações de trem que podem te levar a Londres, Glasgow, Edimburgo, Liverpool, dentre muitas outras opções de destino. Dividido em seções regionais, o sistema ferroviário costuma ser eficiente, confiável, pontual e barato.

Se você planeja viajar muito de trem pela Grã-Bretanha, vale a pena investir em um passe ferroviário como do BritRail. Ele pode ser comprado em várias agências internacionais e no próprio site do VisitBritain.

Falando nisso, aproveite e passe no site do VisitBritain pra se informar melhor sobre pacotes, preços e as melhores dicas pra quando viajar ao Reino Unido.

Dependendo de quantos dias for durar sua viagem e por quantos lugares você quer passar, é bom inclusive pesquisar bem todas as opções de bilhetes pra ver o que sai mais em conta.

O All Line Rail Rover da National Rail, por exemplo, permite que adultos viagem ilimitado por toda Inglaterra, Escócia e País de Gales por 7 ou 14 dias. Já pra muitas viagens, um passo do tipo Family & Friends ou o Network Railcard economiza um terço das tarifas para adultos e 60% para crianças (idades de 5 a 15 anos).

O passe Young Person oferece descontos para jovens de 16 a 25 anos ou estudantes em tempo integral estudando em instituições de ensino no Reino Unido, enquanto o Senior Rail Card permite que pessoas com mais de 60 anos tenham um desconto de um terço na maioria das tarifas.

Há também passes especiais para o transporte em Londres, além do passe que cobre Londres, Oxford, Canterbury e Brighton.

Os trens mais rápidos e confortáveis da Grã-Bretanha são os que percorrem as rotas principais. Estes serviços são muito populares e se esgotam rapidamente.

É sempre recomendável reservar seu lugar antecipadamente, principalmente se desejar viajar nos horários de pico como, por exemplo, sexta-feira à noite.

Os trens principais possuem carro de refeição e ar-condicionado e são rápidos – uma viagem de Edimburgo à Londres, por exemplo, leva pouco mais de 4 horas.

Se interessou? Passe no site do VisitBritain pra se informar melhor sobre pacotes, preços e as melhores dicas pra quando viajar ao Reino Unido.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).