Um casal de lésbicas, Taryn Cumming e Kat Buchanan, tornaram-se mães pela primeira vez, cada uma dando à luz seu filho e sua filha com apenas quatro dias de diferença.

O casal de Auckland, Nova Zelândia, soube que ambas estavam grávidas do mesmo doador de esperma com uma semana de diferença no início deste ano e que deveriam nascer próximas, com Buchanan previsto para 28 de novembro e Cumming em 10 de dezembro.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No entanto, o casal de lésbicas teve uma surpresa quando a bolsa de Cumming estourou em 18 de novembro e seu filho Ryan nasceu em 20 de novembro. Buchanan deu à luz sua filha Piper através de cesariana em 24 de novembro.

Apesar de a semana que isso aconteceu e as que se seguiram terem sido complicadas, elas se sentem muito sortudas. No final do ano passado, o casal começou a pesquisar opções para aumentar a família.

VEJA TAMBÉM:  Homem trans perde ação para ser nomeado pai de seu filho no Reino Unido

Na Nova Zelândia, casais de  mulheres podem acessar IUI (inseminação intra-uterina) ou FIV (fertilização in vitro), mas têm que pagar a conta sozinhas.

Diante de conservas de óvulos abaixo do normal para mulheres de sua idade e de um processo de fertilidade extremamente caro, o casal de lésbicas assumiu a responsabilidade e localizou um doador de esperma online e fez o processo de inseminação em casa.

Em 21 de março, elas descobriram que Buchanan estava grávida e, exatamente uma semana depois, descobriram que Cumming também estava.

Com um parto cheio de complicações, após 10 dias no Hospital, Buchanan e sua filha Piper receberam alta e estavam prontas para ir para casa! Ryan, filho de Cumming, permaneceu na UTI: “Foi muito difícil… chorei muito naquela primeira noite”, disse a mãe.

Mas Ryan foi se fortalecendo. Uma ressonância magnética mostrou que ele não sofreu danos cerebrais e que não teve mais convulsões. Ele teve alta em 6 de dezembro: “Ele é o nosso bebezinho milagroso”, disse Cumming.

VEJA TAMBÉM:  Assista: viraliza emocionante cena contra LGBTFobia em Mulheres Apaixonadas

Casal de lésbicas se prepara para Natal a 4

Segundo o Star Observer, família de quatro pessoas está em casa há quinze dias e está se sentindo bem. Pela primeira vez, a mãe Buchanan, que está se recuperando da cesárea e se adaptando à vida não com um, mas com dois recém-nascidos, está empolgada.

Com apenas alguns dias até o Natal, o casal está ansioso para levar Piper e Ryan em sua primeira visita do Papai Noel para uma foto. Eles até pensaram nisso até as roupas temáticas de Natal para os recém-nascidos usarem. Elas brincaram que ainda podem chegar tarde na véspera de Ano Novo, mas bem diferente dos anos anteriores. De qualquer forma, “é bom estar em casa com a família”.