Duas lésbicas casadas conseguiram carregar o mesmo bebê em suas duas barrigas antes do nascimento dele.

Ashleigh e Bliss Coulter, que vivem em Dallas, no Texas, usaram um novo método revolucionário de fertilização in vitro, que consiste em uma barriga carregar o embrião pelos primeiros cinco dias de fertilização antes que a outra seja fecundada com o embrião e o carregue até o fim da gestação.

O filho delas, Stetson Coulter, nasceu feliz e saudável no último mês de junho. Somente agora, com toda experiência registrada, e felizmente tendo funcionado, a notícia foi revelada.

O casal durante a gestação, quando o bebê já tinha sido carregado pelas duas mães.

A doutora Kathy Doody, especialista em fertilidade há 29 anos do CARE Fertility em Bedford, no Texas, conseguiu o feito sem precedentes, trabalhando junto ao seu marido, doutor Kevin Doody e o cientista canadense Jason Broome.

Falando ao portal PinkNews, a doutora explicou que a técnica chamada INVOcell funciona como um container do tamanho de uma rolha de champanhe. Feito de poliestireno, ele pode conter o espermatozóide e o óvulo, e ser inserido na vagina em condições perfeitas para a fertilização, com temperatura, níveis de dióxido de carbono e ambiente ideais.

O casal e a doutora responsável pela experiência inédita.

Comparado a fertilização in vitro tradicional, existe um risco maior de perda, embora isso não tenha acontecido com o casal. Entretanto, há a vantagem de ambas as mães poderem participar do processo de carregar o filho na barriga.

“É algo que um casal heterossexual não poderia compartilhar, realmente especial. Estamos muito animados com a descoberta, afirmou a Dra. Doody sobre o novo procedimento desenvolvido.

Confira algumas fotos da família abaixo:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).