Em uma entrevista bastante reveladora e pessoal com a Vanity Fair, RuPaul falou sobre tudo: de sua identidade à vida pessoal e profissional.

Um dos assuntos que mais chamou a atenção foi falar francamente sobre seu casamento com o marido Georges LeBar. Os dois tem um relacionamento aberto e já estão juntos há 25 anos.

Quando perguntado sobre como os dois decidiram ter uma relação aberta, RuPaul respondeu diretamente: “Não decidimos. A monogamia é uma farsa”.

Então, RuPaul se explicou: “Entenda, a monogamia realmente pode acontecer. Quero dizer, eu sou poli com certeza, mas a monogamia é algo que pode rolar e ser bem sucedido, claro. Cada um tem direito ao que entende ser melhor pra si”.

Ainda assim, o criador do RuPaul’s Drag Race disse acreditar que a monogamia é algo enraizado e culturalmente e não diz respeito necessariamente ao amor profundo e permanente que sente pelo seu marido.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Resultado de imagem para rupaul marriage"
RuPaul e o marido hoje em dia.

“Eu não gostaria de impedir a pessoa que mais amo neste planeta de qualquer coisa”, disse à revista. 

E continuou: “Pra mim, se você se deparar com algo que tem muita vontade e não resiste, vá em frente, faça e seja feliz! Porque independente disso, a verdade é o que eu sei e sinto no fundo do coração: que aquele homem me ama mais do que qualquer outra coisa neste mundo. Isso é tão lindo!”.

Resultado de imagem para rupaul marriage"
RuPaul e o marido mais de vinte anos atrás.

RuPaul também contou como conheceu seu marido. “Eu conheci Georges na pista de dança na Discoteca Limelight em 1994. LaBar estava lá montadíssimo com sapatos de plataforma, e um RuPaul já muito apaixonado de cara perguntou se poderia colocar os braços em volta dos ombros daquele homem enorme.”

“Eu sou alto”, ele continuou. “E nunca fui capaz de colocar meus braços em volta dos ombros de alguém que era mais alto que eu”, contou Mama Ru.

Resultado de imagem para rupaul marriage"
RuPaul e o marido na década de 90.

A entrevista vem ainda mais cheia de perguntas mais pessoais para o ator, produtor, intérprete e ativista LGBT. 

No momento, RuPaul está obcecado com os Bee Gees e “camisas de marinheiro francesas listradas” e disse que sente falta do estilo drag na cidade de Nova York nos anos 80 (algo que pode ser observado no seriado Pose, inclusive!), quando artistas impetuosos como Lady Bunny dominaram o cenário. 40 anos depois de estar nesta indústria, entretanto, seu medo continua o mesmo: “as pessoas homofóbicas e ignorantes”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).