VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Um levantamento do site Asher & Lyric elegeu o Brasil como o 4º país mais seguro para turistas LGBTQ+ na América Latina.

A pesquisa analisou os 150 países que mais recebem turistas e levou em consideração fatores como legalização do casamento homoafetivo, reconhecimento da adoção por casais LGBTQ+, publicidade e leis anti-gays.

A nota vai de A a F e o Brasil ficou com B-, ficando na 28º posição mundial somando 176 pontos. O nosso país perdeu pontuação nas categorias de proteção aos LGBTQ+ e de criminalização da LGBTQfobia.

Vale ressaltar que, no segundo caso citado acima, houve uma falha na apuração, uma vez que o Supremo Tribunal Federal (STF) enquadrou a LGBTQfobia como crime de racismo em junho deste ano.

Uruguai, Colômbia e Porto Rico lideraram o ranking na América Latina. Equador, México, Argentina, Bolívia e Chile ficaram logo atrás do Brasil.

Já no ranking mundial, a Suécia totalizou 322 pontos e teve nota A. Em seguida, Canadá, Noruega,Portugal e Bélgica completam o top 5.

No fim da lista, na parte dos países mais perigosos para turistas LGBTQ+ estão a Nigéria (142 pontos negativos e nota F), Catar, Iêmen, Arábia Saudita e Tanzânia.

Os Estados Unidos ficaram quatro posições acima do Brasil, somando 187 pontos.