Nosso excelentíssimo Presidente da República utilizou-se de seu perfil no facebook (a gente sabe que ele mais parece um blogueiro querendo visualizações) para realizar uma live um tanto quanto controversa: é que na oportunidade o mesmo anunciou que irá mandar recolher as cadernetas de vacinação dos postos de saúde e irá mandar emitir novas cadernetas. O motivo: é que nas cadernetas existe um passo-a-passo com imagens ensinando como realizar a utilização da camisinha.

Contudo, a caderneta que é destinada para crianças de “9 a 16 anos” e aborda educação sexual e que consequentemente pode alertar sobre gravidez indesejada na adolescência e ISTs, foi tida como um escândalo por Bolsonaro. É importante deixar claro que o posto de saúde entrega esse material em mãos de um adulto responsável ou aos pais da criança, ela NÃO é entregue a nenhuma criança. A caderneta ilustrada, muitas vezes, é a ÚNICA fonte de informação de pais com baixo nível de escolaridade ou com pouco acesso a informações sobre prevenção.

Considerando pouco, a ideia de retirar a caderneta e trocá-las por outras, Bolsonaro ainda sugeriu que os pais que se sentissem incomodados com as imagens na caderneta em questão, arrancassem aquelas páginas com informações uteis não apenas a criança, mas a família também.

Senhor Presidente, é importante destacar que 45% da população do país não faz uso da camisinha; por causa desse não uso da camisinha no país, os índices de jovens com AIDS triplicou; e não é só a AIDS, o número de jovens mães vítimas de gravidez indesejadas na adolescência no Brasil é o mais alto em toda América Latina.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA: