Em vídeo divulgado nas redes sociais, o ex-ministro e candidato à presidência nas eleições do ano passado, Ciro Gomes (PDT), questiona a capacidade intelectual do presidente da república Jair Bolsonaro (PSL). “Para a gente entender o Bolsonaro, a gente tem que entender a psicologia de um homem quase doente”, enfatiza Ciro.

Nas imagens, o político continua fazendo duras críticas a Bolsonaro. “O Bolsonaro tem ódio ao estamento militar, paixão, mas ele foi expulso dali. Ele quebrou a hierarquia, falou contra seus superiores e está estabelecendo uma espécie de vindita. Por que o Bolsonaro tem esse ódio anti-intelectual? É porque ele é curto. A capacidade de raciocínio abstrato dele, ele é quase um burro, quase um jumento, um cara imbecil mesmo. E aí, ele tem ódio dos letrados, tem horror a isso”, aponta.

Gomes finaliza suas declarações dizendo que a LGBTfobia disseminada pelo presidente é “um problema de armário”. “E essa coisa do gay, piada com o tamanho do pênis dos orientais, ele não tira isso da cabeça. Isso tudo é um problema de armário”, ressalta.

Ciro Gomes perdeu a corrida presidencial, mas obteve números expressivos. Na época, ele se destacou devido à sua eloquência e linguagem debochada.

Assista ao vídeo:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA: