Como forma de comemorar o carnaval e ostentar o orgulho LGBTI+, o bloco LGBT Candybloco promove uma festa, que vai ter como atração um “bandeirão” LGBTI+ de 30 metros. 

“Esse é o nosso primeiro ano na rua, participando oficialmente do Carnaval 2020 do Rio de Janeiro. A rua sempre foi uma meta, porque entendemos que o que fazemos deve ser essencialmente o mais democrático possível”, afirma um dos idealizadores do bloco, Beni Falcone.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele ainda acrescenta que “ocupar um espaço da cidade do Rio de Janeiro, se fazer presente na rua, celebrando o amor, a convivência pacífica e a tolerância, é a maneira mais linda de se fazer política e de se entender como cidadão carioca. Como artista queer, isso é muito mais do que eu jamais sonhei pra minha carreira”.

O evento é realizado em parceria com a prefeitura do Rio. Segundo o representante da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da prefeitura do Rio, Nélio Georgini, o órgão “tem apoiado dezenas de projetos com a temática LGBT. O Rio de Janeiro é o retrato da diversidade. O período da folia é o mais democrático e inclusivo do Brasil. O Carnaval não é só uma festa, faz parte da cultura, usa a alegria e o humor para fazer crítica social e o uso da celebração para dar visibilidade para causas importantes”.

VEJA TAMBÉM:  Inseguro de sua masculinidade, vereador do Rio se recusa a votar por ser número 24 em lista

Vai estar pelo Rio de Janeiro durante o carnaval? Então não esquece de passar pelo bloco. Eles vão se concentrar Praça Marechal Âncora, nesta terça-feira (25), a partir das 18h.