O ator pornô gay twink Trent Olsen se declarou culpado por abusar sexualmente de seu irmão de 8 anos, gravar o ato em vídeo e vender online por $ 150. O caso aconteceu em janeiro deste ano quando Olsen foi preso em Las Vegas por posse e venda do vídeo.

No momento de sua prisão Olsen estava dentro do apartamento de seu colega, tambpem ator pornô gay, Daniel Hausser. Na época, Hausser era namorado de Olsen e Hausser ligou para a polícia para denunciar o vídeo depois de descobri-lo no telefone de Olsen. Então, Hausser gravou a prisão de Olsen e publicou no Instagram.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Segundo o site Str8uopgayporn, (assista ao vídeo da prisão neste link) o caso foi transferido para um tribunal federal que representa o estado onde Olsen fez o vídeo, e ele estava sendo julgado no Tribunal Distrital de Idaho dos Estados Unidos. Mas no mês passado, Olsen – cujo nome legal é Andrew Jemmett – retirou sua confissão de culpa e, em vez disso, se declarou culpado de uma acusação de Exploração Sexual de um menor, que acarreta uma pena mínima obrigatória de 15 anos de prisão.

VEJA TAMBÉM:  Ministra de Bolsonaro, Damares quer “bolsa-estupro” para vítimas do crime que não abortarem

Aqui está o acordo de confissão completo, que inclui detalhes perturbadores do estupro de Olsen / Jemmett de uma criança menor em um banheiro público em Idaho, e como o vídeo do estupro foi vendido por US $ 150 usando o PayPal. O criminoso que comprou o vídeo não é identificado neste caso, mas as autoridades estão presumivelmente em processo de processar esse indivíduo.

O ator pornô gay Trent Olsen apareceu em dezenas de cenas de pornografia gay em dois estúdios ao longo de 2019. Ele também apareceu em vários vídeos de sexo caseiro com seu então namorado Daniel Hausser. A sentença de Olsen está marcada para 1º de março de 2021.