Cuidado nunca é demais na hora de saber pra quem você está mandando as suas nudes! Olha essa história!

O ator pornô Kurtis Peters-Hartman, que ganhou mais fama ao participar do reality “De Férias com o Ex” da MTV americana, e que também já fez filmes pornôs do tipo gay-for-pay (sabe? aquele pornozão que o hétero topa pegar um cara por dinheiro? Sabe, né? Então..), foi considerado culpado por ter praticado revenge porn.

Pra quem não sabe, revege porn é a maneira como é chamado o crime de se distribuir fotos e vídeos íntimos de terceiro sem autorização dos mesmo.

Pois é! Sabe aquele nude do boy que você recebeu no Grindr, quis só mostrar pro seu amigo e repassou no whatsapp? Então gente, sem o consentimento da pessoa da foto, é crime. Fica a dica. E ok, uma galeria de fotos do rapaz que a gente sabe que é por isso que você clicou na notícia:

Me perdi aqui, desculpe… Agora sim… Tudo começou porque Kurtis teria postado a foto de uma ex-namorada no Twitter publicamente para seus pouco mais de 3 mil seguidores enquanto os dois tinham uma discussão online. O ator alega que foi hackeado e as fotos foram publicadas sem o seu consentimento. Difícil de provar e mais ainda acreditar, né?

A publicação em questão ainda mostrava claramente o rosto da ex-namorada. O post acabou sendo deletado 2 horas depois, mas o estrago já estava feito.

Kurtis acabou sendo condenado pela Justiça a sentença de 18 meses e 120 horas de serviço comunitário, além de arcar com os custos judiciais de 620 libras (mais de 3 mil reais) e mais uma indenização de 115 libras (ou cerca de 500 reais) para a vítima.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).