Felizmente está cada vez mais comum ver pessoas trans tendo filhos, sejam eles biológicos ou adotados.

Há ainda casos específicos em que um casal hétero é formado por duas pessoas trans, ou seja, há a viabilidade de uma concepção por vias naturais.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Depois de um acontecimento do gênero no Reino Unido, agora a notícia incrível vem de um casal latino.

Os colombianos Danna Sultana, de 35 anos, e Esteban Landrau, de 32 anos, anunciaram que estão grávidos e super felizes e emocionados com a novidade.

Nenhuma intervenção médica foi necessária e o casal decidiu que manterá o gênero do bebê neutro até ele crescer e ter a percepção necessária. Assim, um nome já foi escolhido, Ariel, que é comum tanto para homens tanto para mulheres.

VEJA TAMBÉM:  Após morder o pênis de agressor, mulher trans consegue escapar de estupro

Danna e Esteban também não querem saber o sexo biológico do bebê até seu nascimento.

Em entrevista para o Uol, o casal, que mora na Espanha, falou sobre as dificuldades de ser transgênero em um país preconceituoso.

“Deixei a Colômbia porque meu país não respeita as pessoas transgênero, mas nunca fui agredida por causa disso. O medo é frequente, mas o mais importante agora é tornar esse medo de todas as pessoas transgênero visível.”

Já sobre a identidade de gênero de seu filho, sabendo bem como isso funciona, Danah lembrou que deixará a criança à vontade para se identificar como for ao longo da sua vida. Como deveria ser com qualquer criança, né? Seja cisgênero ou transgênero.

 
Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.