Seja após praticar exercícios físicos ou comer uma pizza de alho, é bem possível que vez ou outra você tenha exalado aromas fortes pelo seu corpo. Na maior parte dos casos, uma boa ducha, desodorante e higiene resolve. Mas em outros casos, não é tão simples.

Muitas vezes, os cheiros que você exala podem dar sinais importantes sobre a sua saúde. Algumas doenças inclusive emitem odores típicos, sabia?

Sendo assim, a Men’s Health americana fez uma lista muito útil de 5 sinais comuns do corpo – e quem vem através do olfato – que podem ser sinais preocupação. Além dos 5, adicionamos um outro – e relativamente comum – que é o caso de axilas que cheirem muito forte.

Saúde e higiene são fundamentais e é sempre bom ficar atento, né manas? Olha só:

Respiração Frutada
Existe um quadro específico de diabetes que faz com que seu corpo exalem um aroma frutado em sua respiração. Você pode não notar até que alguém o mencione, mas os médicos podem sentir o cheiro em você assim que você entra em um quarto de alguém que tem. Isso acontece porque seu corpo não pode criar a energia que precisa para funcionar corretamente, então ele começa a quebrar os ácidos graxos como combustível. Isso cria um acúmulo de substâncias químicas ácidas chamadas cetonas no sangue. Um dos principais ácidos – a acetona (o mesmo componente encontrado no removedor de esmalte) tem justamente este cheiro.

 

Ovo podre no hálito
Se você costuma ter um hálito muito ruim ao acordar, e mesmo após escovar os dentes, você pode ter apneia do sono e não saber.

Na apneia, sua respiração é interrompida durante o sono e reiniciada. Isso pode levar a problemas desde o ronco excessivo até tornar a boca muito seca, o que faz com que surja o mau hálito.

A boca seca faz com que as bactérias se reproduzam mais rapidamente, e quando certos tipos se reproduzem, isso gera um odor de ovo podre à respiração. Se você descartou outras causas de mau hálito , mas ainda acorda com uma boca fedorenta e sofre de sonolência diurna e ronco, marque uma consulta com seu médico.

Cecê forte nas axilas
Obviamente é natural que, após um dia árduo ou atividade física intensa mesmo por pouco tempo, você possa exalar um odor desagradável pela axila. Não a toa a gente usa tanto desodorante afim de prevenir esse incômodo.

Acontece que, caso você ou um colega exale um cheiro muito forte ou estranho ao cheiro normal e tolerável, isso pode significar problema de saúde além da falta de higiene pessoal.

Cecê forte persistente é o único sintoma da bromidrose, uma doença gerada por fungos presentes na pele. Podem acabar tendo esse tipo de problema, principalmente pessoas muito estressadas ou com distúrbios hormonais. Também quem come muito alho, cebola ou pimentas.

Creme ou loção antibacteriana na região costuma ajudar, mas caso persista, é importante procurar um médico que pode indicar desde um tratamento mais forte até aplicação de botox na axila afim de evitar o suor na região (o que também pode gerar efeitos colaterais indesejados como suar demais em outra parte do corpo, mas aí cada caso é um e deve ter o acompanhamento de um médico responsável).

Queijo Forte nos pés
É péssimo até de pensar, né? Mas um odor forte nos pés pode ser mais do que simplesmente usar tênis sem meias. Uma infecção fúngica conhecida pelo nome de “Pé de atleta” pode ser a culpada, principalmente se você notar pele seca e escamosa em torno dos dedos dos pés, além de vermelhidão e bolhas.

Então, se você está experimentando sintomas, tente um spray antifúngico, que dá até pra ser comprado sem receita. Se persistir, vá ao médico.

Uma maneira de prevenir é sempre estar calçado em vestiários e enxugar bem os dedos após o banho. Usar talco pra evitar a umidade na região também ajuda, principalmente se você costuma suar por ali.

Ácido na urina
Principalmente homens ignoram quando o xixi cheira muito forte, mas isso pode ser outro sinal de doença. O cheiro forte de urina pode ser indicação de alguma infecção no canal urinário, tanto na bexiga quanto na uretra.


Assista também:


Esses problemas normalmente geral uma urina pungente, quase ácida e com cheiro químico. Isso acontece depois que as bactérias, mais comumente E. coli, entram no trato urinário e na uretra.Então, eles se multiplicam na bexiga, causando uma infecção.

Odor muito forte nas fezes
Quando o intestino delgado não produz uma enzima chamada lactase suficiente, ele não consegue digerir a lactose, um açúcar encontrado nos laticínios, diz Ryan Ungaro, professor assistente de gastroenterologia do Hospital Mount Sinai, em Nova York.

Portanto, o intestino delgado direciona a lactose diretamente para o cólon – em vez da corrente sanguínea -, onde as bactérias do intestino a fermentam. Isso pode causar fezes soltas e fétidas, inchaço e gases mal cheirosos, diz Dr. Ungaro, consultor da Men’s Health

A intolerância à lactose é bastante comum: na verdade, estima-se que 65% das pessoas tenham problemas para digerir laticínios, de acordo com os Institutos Nacionais de Saúde. Mas a reação – incluindo dor no estômago, náusea, diarréia e vômito, além de gases e fezes com cheiro muito forte – pode variar de pessoa para pessoa, diz o consultor nutricional da Men’s Health , Alan Aragon, MS.

Para a maioria das pessoas, no entanto, são necessários apenas 12 gramas de lactose – cerca de 8 onças de leite ou uma xícara de sorvete – para desencadear sintomas perturbadores, diz ele.

Portanto, se o seus puns ou fezes cheirarem particularmente fortes, principalmente se você ingeriu leite, é recomendável buscar um médico pra ter certeza de que você é ou não intolerante a lactose.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).