Muita gente gosta de fingir que o que aprendemos com a Disney é um fato, mas são poucas as histórias que acabam sendo felizes para sempre. Se William Bonner e Fátima Bernardes se separaram, quem não pode se separar? Só no mundo gay recentemente, tivemos que lidar com o fim de 2 OTPS: Colton Haynes e Jeff Leatham e Brandon Flynn e Sam Smith, né não?

Acontece, faz parte da vida e isso não significa necessariamente um fracasso pessoal ou infelicidade como muitos ainda acreditam. Costumamos nos inspirar na geração dos nossos avós como ideal de felicidade achando que o certo é apenas ficar com uma mesma pessoa pra vida toda, mas a geração E O MUNDO eram outros.

Primeiramente, a expectativa de vida era muito menor. Não se tinham verdadeiros jovens aos cinquenta anos como vemos hoje como a própria Fátima Bernardes, Cristiane Torloni ou Johnny Depp. Ou mesmo aos 70 ou 80, como Susana Vieira ou Stenio Garcia, que esbanjam disposição, energia e romance em seus relacionamentos independente da idade.

Além disso, antigamente, maior parte das mulheres mal tinha oportunidade de escolha do marido, muitas vezes isso era uma decisão da família. Isso sem falar que devia casar sendo virgem, ou pior, casava ainda adolescente praticamente sem qualquer poder de decisão ou consciência de algo que levaria pra uma vida toda!

Terceiro que casamento era mais um negócio para sustentar a tradição da família, praticamente uma obrigação que todas as pessoas tinham que cumprir e ponto. Pensando assim, tem certeza que a geração dos seus avós é seu ideal de felicidade? Minha vó certamente foi muito feliz com meu vô, acredito eu, mas estou certo de que ela invejaria a independência e múltiplas possibilidades da minha geração.

Não quero dizer que tenham sido infelizes, tem gente que foi feliz sim naquele formato tradicional, mas será mesmo que todos foram? Será que não teve gente que acabou se acomodando no molde de casamento imposto – algo praticamente obrigatório na época – e teria uma vida muito mais feliz de maneira independente, ou pelo menos se pudesse, diferente?

(continua abaixo)


Veja também:


Isso sem falar no quanto a gente aprende, principalmente sobre si, em cada relacionamento que leva dessa vida! Já dizia o ditado: “Que seja eterno enquanto dure!”

Então bora encarar que nem tudo dura pra sempre e tudo bem também? Parece texto de auto-ajuda (e é!) mas a verdade é que, só vê o fim quem não enxerga o recomeço. O importante é tirar o melhor e aprender com cada história que vivemos.

Sendo assim (ufa! que matéria longa!) vamos a 10 sinais de que seu relacionamento pode estar chegando nesta fase onde o melhor pode ser realmente seguir a vida solteiro:

1. Vocês não tem tempo um para o outro

Todos vivemos ocupados, principalmente nos dias de hoje. As vezes nos esquecemos até de realizar tarefas básicas e cotidianas. Por outro lado, viver uma vida agitada pode ser a desculpa perfeita pra quando você não quer ver alguém. Pense bem. No início do relacionamento, mesmo sem tempo pra nada, vocês davam um jeito de se ver. Será que você está tão ocupado ou evitando contato sem perceber?

2. Química sexual não rola mais

Quando você se apaixona, quer sexo a todo momento e com aquela pessoa. Mas nem sempre o desejo dura para sempre, e mesmo buscando maneiras para apimentar a vida a dois, isso pode não surtir efeito. Não é exatamente uma regra, existem exceções e até casais que continuam bem mesmo com menos sexo. Mas fique atento pois, por outro lado, este pode também ser mais um sinal de que o relacionamento não está rolando.

(continua abaixo)


Veja também:



3. Ele tem andado com amigos que você não conhece


Claro que cada um deve ter seu espaço e suas amizades além das amizades do casal, mas se isso se tornar uma constante e você perceber que há muita gente com quem ele tem falado e visto, pode também ser um sinal de falta de sintonia que leva muitas vezes ao término. Ele pode inclusive estar criando um novo grupo de amigos com os quais vai sair e se apoiar principalmente depois que vocês se separarem.

4. Você se diverte muito mais entre seus amigos

No início do relacionamento, os dois fazem tudo a dois: namoro, passeios, jantares, cinema… Tudo é sobre vocês! De repente, outras pessoas entram nessa zona de segurança. E tudo bem, isso também é saudável e até necessário. Mas se você começar a perceber que está se divertindo muito mais com seus amigos do que com ele, este pode ser um sinal de que a vida de solteiro está valendo mais a pena.

5. Velhos hábitos mudam

Vocês sempre passavam sábado juntos? Mandavam boa noite antes de dormir toda noite? Hábitos mudam e podem desaparecer, é claro, sem que isso signifique término. Mas analise: as vezes as coisas não são mais as mesmas e os sentimentos também não.

6. Ausência do medo da perda
Ciúmes é algo supervalorizado, e na realidade, desnecessário. Pode ser muito prejudicial inclusive ainda que muita gente acredite se tratar de prova de amor. Não é. Confiança é. Ainda assim, se você imaginar sua vida sem ele, caso você perceba aí que não sente medo de perdê-lo, este pode ser um sinal de que o amor acabou e na realidade você está apenas acostumado a ficar com ele.

(continua abaixo)


Veja também:


 

7. Vocês ficam entediados juntos

Já reparou aqueles casais de dezenas de anos de convivência que perdem o brilho e entusiasmo um com o outro? Saem para jantar sem trocar muitas palavras? Se nas últimas lembranças de momentos que vocês passaram juntos, você estava entediado… nem deviam mais estar juntos.

8. Redes sociais
Você acorda as 8 da manhã, trabalha o dia todo e antes que perceba, postou músicas, fotos, stories e nem falou com ele o dia todo. Pode ser um sinal de desinteresse.

9. Não larga do celular

Vocês decidiram assistir uma nova série da Netflix juntos, mas ele não larga do celular e vocês simplesmente não estão curtindo um momento que poderia ser delicioso juntos, sequer estão fazendo carinho um no outro ou abraçados e isso tem sido um comportamento frequente…É um bom sinal de que o término ta aí, se já não era pra ter acontecido.

(continua abaixo)


Veja também:


10. Vocês se negligenciaram
As vezes um relacionamento cansa mesmo. E a gente cansa da pessoa depois de muito tempo. E aí, na segurança do relacionamento estável, deixamos de nos cuidar porque não precisamos mais seduzir. A saúde, disposição e aparência de vocês dois era muito melhor no início, diferente de agora… Bem, isso é péssimo e mostra não só que você está com autoestima baixíssima, como também que não se importa com seu parceiro. Melhor terminar e resgatar essa autoestima ao menos.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).