No dia 21 de junho de 2019 será realizada, a partir das 12h, no Largo do Arouche, a 2ª Marcha do Orgulho Trans da cidade de São Paulo. Um evento organizado por pessoas trans, para pessoas trans e todes aliades, com o objetivo de reunir vozes representativas de Pessoas Transgêneros, Transexuais, Travestis e Não-binárias para que seja possível uma visibilidade mais justa e igualitária das demandas destes grupos tão invisibilizados e precarizados na atual sociedade.

Em um dos países que mais mata pessoas trans, a vulnerabilidade de travestis e transexuais é uma das mais encobertas quando postas à mesa de debates em conjunto com os outros grupos da comunidade de lésbicas, gays e bissexuais. Diante desse cenário, surge a necessidade de um evento que tenha como protagonismo as demandas desse grupo.

Com patrocínios provindos de empresas como Uber e SKYY Vodka, a Marcha do Orgulho Trans teve sua primeira edição realizada em 2018 e contou com cerca de 5 mil pessoas. No trio elétrico passaram grandes nomes como Liniker, Leona Vingativa, Mc Xuxu, Pepita, Mc Dellacroix, Erick Barbie, Tiely Queen, Dj Ledah, Lila Zion, Kiara Felippe, Natt Maat, Jhonny Hooker entre outros protagonistas e aliados (ou aliades, como são chamados na linguagem sem gênero).

Para a edição de 2019, o público poderá assistir a shows de personalidades como Mel, Danny Bondd, Pepita, Nininha Problemática Renata Peron, Tiely Queen, Kaique Theodoro, DJ Kiara Felippe entre outres. Além de ouvir Erica Malunguinho, Arunã Siqueira, Leonardo Peçanha, Shay Bittencourt, Symmy Larrat, Neon Cunha e Pri Bertucci com suas falas sobre TQIA+.

“Eu, Pri Bertucci, fundador e realizador da Marcha, sou uma pessoa transgênero, não-binário e gênero queer. A experiência de LGBTfobia e misoginia diárias, me inspirou a empreender e criar soluções estratégicas sobre diversidade e inclusão para impactar diretamente a empregabilidade da população LGBTQIA+, me tornando assim, um empreendedor social e dos poucos CEOS Trans no mundo. Criar o label [SSEX BBOX], que há mais de 10 anos estuda e materializa produções sobre gênero e sexualidade, foi minha forma de transformar dificuldades em possibilidades, proporcionando mais visibilidade para essa comunidade.”

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A tarde de programação ainda conta com um banco de entrega de currículos, iniciativa do projeto [DIVERSITY BBOX], frente do [SSEX BBOX] responsável pelo banco de currículos e voltada para a inclusão social e a promoção da diversidade em empresas e instituições por meio de ações de educação e comunicação, possibilitando mudanças corporativas em prol de uma sociedade mais justa, democrática e igualitária.

Durante toda a programação, a Marcha disponibilizará profissionais fazendo uma pesquisa com o público presente para entender quais são as principais dificuldades para integrar o mercado. Essa pesquisa será fonte de informação para as empresas parceiras do [DIVERSITY BBOX] para entenderem que tipo de mudança se faz necessária para que possam capacitar essas pessoas para incluírem cada vez mais pessoas trans no mercado.

Com apoio da prefeitura, a 2ª Marcha do Orgulho Trans da Cidade de São Paulo é idealizada pela [SSEX BBOX] e será realizada no dia 21 de junho, a partir das 12h, no Largo do Arouche.

Serviço

2ª Marcha do Orgulho Trans de São Paulo
21 de julho de 2019
12h às 19h30 – Programação parada (shows, rodas de conversas e falas)
19h às 20h30 – Marcha
Largo do Arouche
Entrada Gratuita