Música “Mulheres” pode ser sobre amor gay, diz Martinho da Vila

0
2431

Não é de hoje que na Internet surgem memes e sugestões de que o clássico “Mulheres”, do cantor e compositor Martinho da Vila, poderia falar sobre um amor gay. Foi justamente este questionamento que a vlogueira Jout Jout resgatou em um de seus vídeos mais recentes.

Nunca pensou sobre isso? É bem simples…


Veja também:

(continua abaixo)

Vídeo novo:




(continua abaixo)

Vídeo novo:





Basta analisar os versos, ora! Na música, Martinho diz que já teve mulheres de todos os tipos, e então finaliza sem especificar o gênero da pessoa em questão, que finalmente achou alguém diferente e que o fez se encontrar e ficar tão feliz. Ainda na letra, em seguida, ele é só elogios a pessoa que, difrenete de todas as mulheres, não especifica o gênero em momento algum. Presta atenção:

“Já tive mulheres de todas as cores, de várias idades, de muitos amores (… )

Procurei em todas as mulheres a felicidade.
Mas eu não encontrei e fiquei na saudade (…)

Nenhuma delas me fez tão feliz como você me faz (…)

Você é o sol da minha vida a minha vontade
Você não é mentira você é verdade
É tudo que um dia eu sonhei pra mim.”

Principalmente após o sucesso do vlog de Jout Jout, claro que não ia demorar para Martinho da Vila ser perguntado sobre o assunto. E aí que o cantor não negou e afirmou:

“A poesia é para ser interpretada. É como um quadro de arte: cada um vê de um jeito. Acho bem legal essa nova leitura.”

E continuou: “De um tempo para cá, muitos caras já vieram falar comigo: ‘Martinho, eu casei com essa música porque convenci minha mulher a se casar comigo justamente falando que eu estava procurando ela a vida inteira’. Realmente, pelo que ouço, muitas pessoas se casaram com essa música e tal. Agora, casais homossexuais também estão fazendo isso. Não pensei nessa interpretação quando gravei a música, mas acho bem bacana”.

Comentários: